16 de abril de 2021

Por trás dos livros #3

Mais um mês, mais uma convidada especial! A de hoje é a querida Adriana, autora do blogue “The Fancy Cats. Um blogue que aborda diversas temáticas e que acho verdadeiramente inspirador. A Adriana escreve super bem, por isso, consegue transmitir na perfeição, a mensagem que deseja. Assim vamos “dar uma vista de olhos” pela entrevista e aprender um bocadinho mais com esta blogger?

(fotografia da autoria da Adriana)

1 - Para quem não te conhece do mundo digital, quem é a Adriana?

Sou uma pessoa com grande dificuldade em falar de mim mesma! Tenho 27 anos, vivo no centro de Portugal e gosto muito de gatinhos. Entrei neste mundo da blogoesfera a falar de temas como beleza/moda, mas nos últimos anos tenho-me focado cada vez mais em partilhar as minhas leituras, porque é realmente algo que me dá gozo e deixa feliz. E se não for para falar de algo que adoramos e vivemos não vale a pena, certo?


2 - Já sigo há bastante tempo o “The Fancy Cats” e adoro! Abordas temas realmente interessantes, nomeadamente, a tua paixão por livros. Como surgiu esse gosto? Desde sempre que gostas de ler?

Falar de livros pelo blog é, na verdade, algo um pouco recente. Mas a paixão está cá há muito tempo! Devo esta influência à minha mãe, sem dúvida. Sempre a vi com um livrinho na mão na hora de ir dormir, e sempre me influenciou a ler. Não foi um hábito contínuo para mim, depois do secundário tive uma época em que pouco lia. Com o passar dos anos voltei a ganhar-lhe o hábito. Atualmente não falha, tenho meses em que leio menos, mas, em geral os livros são uma verdadeira companhia e distração.

3- Qual o estilo de leitura que mais aprecias? Preferes romances, policiais, fantasia, ficção científica ou outro?

Eu não gosto de me ficar apenas por um género, mas tenho particular interesse em livros de não ficção, romances e ficção histórica. Também adoro ler literatura juvenil e, estou agora a dar os primeiros passinhos na fantasia. Policiais (que ironicamente são os favoritos da minha mãe) nunca me puxaram, mas não digo que não! Felizmente há livros para todos os gostos.

4 - Tens por hábito ler mais autores portugueses ou estrangeiros? Porquê?

Definitivamente estrangeiros, mas não é exatamente uma preferência. Só recentemente (2019/2020) comecei a conhecer novos autores portugueses, e isso está a fazer-me ler muito mais autores nacionais. No entanto, é verdade que acabo por me virar mais para os estrangeiros. Além da oferta ser maior, tenho muitos favoritos lá fora.


5 - Gostas mais de ler livros em português ou em inglês e porquê?

Gosto muito de ler em português, preferencialmente. No entanto, nos últimos anos comecei a ler mais em inglês e agora é algo bastante normal e comum para mim (especialmente desde que comecei a usar o Kindle, a variedade de ebooks é bem maior).


6 - Qual o melhor livro que leste até ao momento? O que mais te prendeu nele?

É muito difícil selecionar um livro como sendo o melhor. Acredito que ainda tenho muitos livros maravilhosos por ler e descobrir! Depois de muito pensar, vou dizer o MAUS, que é uma graphic novel (um formato que adoro ler!) sobre a II Guerra Mundial. Neste livro os nazis são retratados como gatos e os judeus como ratos. É um livro muito poderoso, possivelmente o melhor que já li dentro do género e, particularmente, sobre a II GM. Mas, como disse, é algo difícil para mim! Podia mencionar mais dois ou três livros completamente distintos que me marcaram de igual modo.

7 - Preferes comprar livros novos ou em segunda mão? Qual a razão da tua escolha?

Sem dúvida em segunda mão! É uma excelente maneira de fazer os livros circular e conseguir preços bem mais acessíveis. Claro que acabo por comprar livros novos também, especialmente quando vejo promoções irresistíveis. O que faço normalmente é, sempre que quero um livro, procuro primeiro em segunda mão, e para isso recomendo muito o Trade Stories - é lá onde faço as minhas vendas/compras em segunda mão.


8 - Por fim, se tivesses oportunidade de escrever a tua vida (ou os aspetos mais relevantes dela) num livro, que nome darias à tua obra?

Tenho muita dificuldade em imaginar a minha vida num livro, porque não considero que tenha aspetos particularmente interessantes, por isso não sei se consigo dar-lhe um nome. Sendo assim algo mais biográfico e pessoal, talvez escrevesse as minhas memórias e o papel dos animais na minha vida, em particular gatos. O nome não sei. J

Agradeço, uma vez mais, a participação da Adriana na nova rubrica do blogue. Espero que tenham gostado tanto de a conhecer como eu!

Deixo-vos com as redes sociais dela para seguirem o seu (belo) trabalho:

ass

12 comentários:

  1. Conheço bastante bom o cantinho dela e como não gostar de a conhecer um pouco mais
    Beijinhos
    Novo post
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
  2. Gostei da entrevista e vou passar pelo blog da Adriana.
    Coisas de Feltro

    ResponderEliminar
  3. Tenho de ir visitar o espaço da Adriana :)

    ResponderEliminar
  4. Adorei a publicação. Muito interessante!! :))
    -
    SINTO FALTA...
    -
    Beijos, e um excelente fim de semana.

    ResponderEliminar
  5. Que agradavel conversa :) Gostei muito de conhecer a Adriana :)

    ResponderEliminar

Obrigada por lerem e comentarem, as vossas opiniões e sugestões são sempre bem-vindas!
Caso me façam questões, responderei diretamente no comentário! ❤