14 de junho de 2020

Comemora-se hoje... #23

Foi em outubro do ano passado que decidi cumprir mais um objetivo. Daqueles que estão guardados na gaveta há muitos anos e que todos os dias são adiados.

No entanto, nesse mês, achei que estava na altura de mudar essa ideia e, portanto, decidi ir até ao Centro de Sangue e de Transplantação de Coimbra tornar-me doadora de sangue.

Cumpria a idade mínima obrigatória (18 anos), tinha um peso igual ou superior a 50kg e, também, tinha (e tenho) hábitos de vida saudáveis. Além disso, sentia-me bem (física e psicologicamente) e feliz por poder fazer a diferença na vida de alguém e isso também é muito importante.

Assim, depois de verificar o cumprimento dos requisitos obrigatórios e de preencher uma série de papelada relevante, também, me foram feitos testes ao sangue a fim de verificar se estava tudo bem.

Como estava, chegou o tão aguardado momento. Devo confessar que não me custou nada. Não senti dor, apenas uma picada “normal”, semelhante à das análises clínicas.

Confesso que não dei pelo tempo a passar. Talvez tenham sido as enfermeiras (simpáticas) a distrair-me ou então o tempo que voou demasiado depressa. Não sei! O que sei é que, o importante é ajudar e se o podermos fazer, nem que seja apenas no Dia do Doador de Sangue, já vale a pena.

 

 

 

 


20 comentários:

  1. Comecei a dar sangue há coisa de 3 anos, devido a uma parceria que a empresa onde trabalho tem com o hospital, onde vão lá às nossas instalações fazer recolha de sangue duas vezes por ano. Um gesto tão importante e que não custa assim tanto!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade Mariana! E pode mesmo fazer a diferença!
      Obrigada pela partilha! :)

      Eliminar
  2. Quero me tornar numa ainda este ano :)

    https://blogda-joana.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. Elogio a sua decisão de se tornar doadora de sangue. Louvável sem dúvida.
    .
    Votos de um domingo feliz
    Deixando uma 🌹

    ResponderEliminar
  4. Um gesto que pode mesmo fazer a diferença!

    ResponderEliminar
  5. É mesmo sempe bom quando podemos ajudar os outros, tenho pena de não o poder fazer, por causa de um problema de saude
    Beijinhos
    Novo post
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
  6. É daquelas causas que mexem comigo mas durante muito tempo não reunia as condições necessárias e... well, tenho fobia a agulhas T_T

    Um beijinho*

    http://by-pattyy.blogspot.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, eu compreendo :(
      Obrigada pela partilha, querida!
      beijinhos

      Eliminar
  7. O meu falecido pai foi dador de sangue durante mais de 40 anos, tinha ate uma medalha :) Lembro-me de ir com ele ao hospotal de S.Joao quando era pequenina e e as enfermeiras me darem bolachinhas e leite achocalatado :)
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que grande memória! :)
      Obrigada pela partilha, Matilde!
      beijinhos

      Eliminar
  8. Tão bom podermos ajudar as pessoas desta forma tão simples :)
    Eu também sou dadora de sangue, mas confesso que já não vou doar há uns anos, por descuido :/

    XoXo
    - Helena Primeira
    - Helena Primeira Youtube
    - Primeira Panos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo muito bom quando podemos ajudar os outros! :)
      Obrigada pelo comentário, Helena!
      beijinhos

      Eliminar

Obrigada por lerem e comentarem, as vossas opiniões e sugestões são sempre bem-vindas!
Caso me façam questões, responderei diretamente no comentário! ❤